Anulação da interdição da Cachoeira dos Prazeres só depende da Prefeitura: “precisa fazer um projeto para requalificar”, diz promotor

8 meses Anterior written by

Foi proibido acesso à Cachoeira dos Prazeres, no Vale do Jiquiriçá, após decisão judicial. Em entrevista à Rádio Recôncavo FM, o Delegado Titular, Dr. Julimar Barreto, explicou que a decisão judicial continua, só se depende agora da Prefeitura de Jiquiriçá, precisa fazer um projeto para requalificar a Cachoeira, definir estacionamento, praça de alimentação e critérios de segurança para que a população volte a frequentar a cachoeira. “Ficaram de trazer exame da água para ver se tem esquistossomose ou verminose que possa ser transmitida para os banhistas”, afirmou. Segundo Dr. Julimar, a prefeitura ficou incumbida de fazer esse projeto, mas até o momento não houve nenhuma informação da agilização por parte do Executivo, “é preciso que o prefeito se mobilize para tentar resolver esse problema”, completou. Barreto informou que se a Prefeitura de Jiquiriçá apresentar um projeto à Promotoria com todos os critérios citados acima, entre outros, será revogada a interdição da cachoeira e a população poderá voltar a utilizá-la.

Redação Voz da Bahia – Letícia Oliveira

Comentários

Comentários

Artigos de Categorias:
Bahia