Aos 119 anos, brasileira pode ser reconhecida como a pessoa mais velha do mundo

1 mês Anterior written by

A passos lentos, ela aparece na porta e chega à sala. Ao saber de sua idade, é fácil impressionar-se com a força e a lucidez que Deolinda Soares Rodrigues apresenta, já que a mulher, moradora de Presidente Prudente, tem 119 anos.  Em seu registro de nascimento, cujo papel já amarelado e desgastado pelo tempo precisa de cuidado para ser manuseado e lido, é certificado que às 13h do dia 24 de junho de 1898, “Mãeina”, como é conhecida, nasceu no Estado de Minas Gerais. “Acham que é mentira”, declarou ao G1, aos risos. Diante do documento, Deolinda é a pessoa mais velha do mundo, afinal, em abril de 2017, foi anunciado que a “posição” seria da jamaicana Violet Brown, que tem 117 anos (dois anos mais nova que “mãeina”), segundo confirmou o Gerontology Research Group (GRG). Uma vontade da família é de que o fato seja reconhecido, já que não há registro oficial.

Comentários

Comentários

Artigos de Categorias:
Brasil · Entretenimento