Baixo Sul: Comunidade quilombola fica perto de ter posse de área de 653 hectares

7 meses Anterior written by

Um território quilombola entre Ituberá e Nilo Peçanha, no Baixo Sul baiano, venceu mais uma etapa para se tornar oficial. Um decreto da presidência da República, publicado nesta quarta-feira (9), confirma a comunidade quilombola Lagoa Santa de interesse social. Ao todo, são 653 hectares. Com o decreto, começa a fase de desapropriação da área, última etapa para que os quilombolas sejam declarados oficialmente como proprietários das terras. Conforme o decreto, o Incra [Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária] fica autorizado a promover e executar a desapropriação, onde os atuais donos das terras recebem o pagamento pela venda dos terrenos. (BN)

Comentários

Comentários

Artigos de Categorias:
Bahia