Desastres naturais mataram cerca de 600 mil pessoas nos últimos 20 anos

2 anos Anterior written by

A Organização das Nações Unidas (ONU) apontou nesta segunda-feira (23) que as catástrofes naturais mataram cerca de 600 mil pessoas nos últimos 20 anos. “As catástrofes meteorológicas mataram 606 mil pessoas, média de 30 mil por ano, deixando mais de 4,1 bilhões de feridos, desabrigados ou necessitados de ajuda emergencial”, afirma um relatório do Gabinete da ONU para Redução dos Riscos de Catástrofes (UNISDR). Segundo a Agência Brasil, a estatística deve incentivar os chefes de estado a chegarem a um acordo durante a Conferência do Clima (COP 21), que acontece em Paris a partir da próxima segunda-feira (30). “O conteúdo deste relatório sublinha a importância de um novo acordo sobre alterações climáticas na COP21”, defendeu a diretora do UNISDR, Margareta Wahlstorm, durante a apresentação do relatório. O evento na França terá a participação de 195 e tem como objetivo conseguir o compromisso das nações no sentido de conter a elevação da temperatura do planeta a 2 graus Celsius (ºC) desde a era pré-industrial. O relatório da ONU também indica que 89% das mortes aconteceram em países pobres e causaram perdas financeiras avaliadas em R$ 1,8 bilhão de euros. As inundações representam 47% das catástrofes naturais entre 1995 e 2015. As tempestades são menos frequentes, mas mais letais, com 242 mil mortos no período.

Comentários

Comentários

Artigos de Categorias:
Acidente · Mundo