Fiocruz desenvolve teste rápido para detectar casos de chikungunya

3 anos Anterior written by

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) trabalha em busca de um teste rápido que seja capaz de identificar a febre chikungunya no Brasil. O procedimento deve ser semelhante ao teste rápido da gravidez, bastando uma pequena quantidade de sangue para mostrar o resultado. De acordo com o diretor do Departamento de Doenças Transmissíveis do Ministério da Saúde (MS), Cláudio Maierovitch, há uma preocupação, por parte da pasta, em relação à possível confusão de diagnóstico entre casos de dengue e febre chikungunya, que são transmitidas por mosquitos da família Aedes. Segundo o diretor, um erro de diagnóstico pode fazer com que os profissionais deixem de agir rapidamente no caso da dengue, o que pode provocar um agravamento do quadro e mesmo o óbito do paciente. De acordo com o MS, até o momento, ocorreram 1.039 casos confirmados de febre chikungunya no país, a maior parte na Bahia (com maior incidência em Feira de Santana) e no Amapá. Há ainda 968 casos em investigação. (BN)

Comentários

Comentários

Artigos de Categorias:
Saúde