Lavagem de sêmen pode impedir transmissão do HIV

2 anos Anterior written by

Quando a AIDS foi descoberta, ser portador do vírus HIV significava isolamento e baixa expectativa de vida. No entanto, hoje em dia os efeitos do HIV estão bem controlados para que os soropositivos, mantendo o tratamento, possam levar uma vida longa e plena, inclusive tendo descendentes livres da doença. No caso masculino, a solução para evitar o contágio da parceira e também evitar que os filhos nasçam com o vírus é a lavagem de sêmen, segundo Dra. Genevieve Coelho, diretora do IVI Salvador e especialista em reprodução humana: “Esta é uma solução segura que realizamos através de tratamento de reprodução humana assistida”. Como é feita a lavagem de sêmen? A lavagem de sêmen é a técnica de reprodução humana indicada para impedir a transmissão do HIV. Como o vírus se encontra no plasma seminal e outras células, mas não nos próprios espermatozoides, é possível a partir da lavagem do sêmen e preparação adequada, fecundar o óvulo com um espermatozoide livre do HIV. Para possibilitar a gravidez sem vírus, é realizado dentro do laboratório um procedimento que isola o espermatozoide do plasma seminal e as outras células que poderiam ser portadoras do HIV. Após a separação e comprovação do sucesso do procedimento, a amostra passa por um período de quarentena para garantir que a lavagem de sêmen foi efetiva, através de uma nova avaliação da amostra antes de considera-la apta para a fecundação. Qual é o tratamento para a gravidez após a lavagem de sêmen? Após a lavagem de sêmen, o segundo passo será começar na mulher um ciclo de preparação para a Fertilização in vitro (FIV), que permitirá que em laboratório o óvulo seja fecundado pelo espermatozoide. A forma mais segura e eficaz de gravidez após a lavagem de sêmen é a FIV através da técnica ICSI(injeção intracitoplasmática de espermatozoide), onde um espermatozoide selecionado é introduzido diretamente no óvulo com a ajuda de uma pipeta, que é uma espécie de agulha minúscula. Para realizar o tratamento de reprodução humana que permite soropositivos terem filhos é preciso estar em dia com os medicamentos de controle do HIV e também receber um acompanhamento especializado rigoroso, alerta Dra. Silvana Chedid, diretora do IVI São Paulo e especialista em reprodução humana. Mulheres soropositivas –Quando ambos membros do casal ou a mulher é soropositiva, também é possível evitar o contágio dos descendentes através dos tratamentos de reprodução humana assistida e acompanhamento pré-natal especializado. Após nascimento, para evitar a transmissão, a mãe não poderá amamentar. (IG)

Comentários

Comentários

Artigos de Categorias:
Saúde