Paraguai detecta 6 primeiros casos de zika perto da fronteira com Brasil

2 anos Anterior written by

O governo do Paraguai informou nesta sexta-feira que detectou em uma cidade na fronteira com o Brasil os primeiros seis casos no país de pessoas infectadas com o vírus zika, transmitido pelo mosquito Aedes aegypty, o mesmo que transmite dengue e chicungunha, endêmicos no país. A vice-ministra de Saúde do Paraguai, Teresa Barán, detalhou em entrevista coletiva que foram confirmados em laboratório seis casos positivos do vírus do zika na cidade de Pedro Juan Caballero, no departamento (estado) de Amambay. Barán afirmou também que neste ano foram detectados 14.587 casos de dengue e 4.288 casos de chicungunha. O zika pode causar febre, embora não muito alta, olhos vermelhos sem secreção e sem coceira, erupção cutânea com pontos brancos ou vermelhos e em menor frequência dor muscular e articular. O dengue se mantém em situação de endemia, o que significa que o vírus persiste no Paraguai durante vários anos, mas o número de afetados não é tão elevado. Em 2014 foram detectados no Paraguai oito casos de chicungunha, e só um deles foi registrado como autóctone. As mortes por dengue no Paraguai em 2014 foram cinco, uma redução de 93% em relação ao ano anterior, quando a epidemia tirou 252 vidas e foram registrados 150 mil casos, segundo o Ministério da Saúde do país. (Terra)

Comentários

Comentários

Artigos de Categorias:
Internacionais