Polícia Civil de Amargosa apreende documentos e cartões em casa de agiota

1 mês Anterior written by

As pessoas que tiveram seus cartões e documentos apreendidos, deverão comparecer na Delegacia de Polícia para receberem seus pertences.

A Polícia Civil de Amargosa cumpriu na tarde desta segunda – feira (21), mais um mandado judicial de busca e apreensão domiciliar, desta feita na residência e fazenda de Geraldo Souza dos Santos, mais conhecido por “Geo da Moto Táxi”, 45 anos.

Durante as buscas, os policiais apreenderam diversos cartões de benefícios com suas respectivas senhas, inclusive do bolsa família, 76 folhas de cheques preenchidos de vários bancos, 20 notas promissórias e 97 documentos de IPVA e DUT de veículos.

Para os policiais, Geraldo assegurou que empresta dinheiro a juros e que é agiota há mais de 10 (dez) anos, negando veementemente o envolvimento no comércio ilegal de entorpecentes. As investigações continuam.

A prática de agiotagem é crime contra a economia popular pelo nosso ordenamento jurídico e causa duro golpe às vítimas, que muitas vezes são pessoas com baixo rendimento financeiro, que procuram os “agiotas” para comprar medicamentos ou comida, e estes retém bem ou documento, como o cartão do bolsa família com a senha, para garantia do recebimento de juros exorbitantes.

As pessoas que tiveram seus cartões e documentos apreendidos, deverão comparecer na Delegacia de Polícia para receberem seus pertences.

Após a lavratura do procedimento legal, Geraldo Souza dos Santos foi posto em liberdade para responder ao processo.

Comentários

Comentários

Artigos de Categorias:
Amargosa · Polícia