Polícia Federal abre novo inquérito contra José Dirceu para apurar conta na Espanha

1 mês Anterior written by

Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom/ Agência Brasil

A Polícia Federal informou ao juiz Sergio Moro que abriu novo inquérito contra o ex-ministro José Dirceu para investigar suposto pagamento de propina na Espanha feito a ele pela construtora Engevix. O procedimento vai apurar a existência de uma conta corrente entre o ex-ministro e o lobista Milton Pascowitch. A investigação foi pedida em dezembro passado. O empresário Gerson Almada, da Engevix, disse em depoimento ter feito pagamentos de R$ 900 mil à Entrelinha Comunicação, que prestava serviços à JD Consultoria, empresa de Dirceu, entre 15 de abril de 2011 a 16 de julho de 2012. Ele ainda disse que o serviços contratualizados nunca foram prestados à empreiteira. Segundo Almada, os beneficiários da conta seriam o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e Dirceu. O depoimento do empreiteiro foi anexado à denúncia do Ministério Público Federal sobre propinas de R$ 2,4 milhões das empreiteiras Engevix e UTC para o ex-ministro. (BN)

Comentários

Comentários

Artigos de Categorias:
Polícia