Salvador: Dupla que assaltava taxistas é presa no Retiro

4 meses Anterior written by

Uma dupla de ladrões de carros que costuma assaltar taxistas em Salvador foi capturada, na tarde desta quarta-feira (16), no bairro do Retiro. Equipes da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos (DRFRV) e do Grupo Especial de Repressão a roubos em Coletivos (Gerrc) chegaram aos criminosos após investigações de roubos na região, ações de inteligência e depoimentos de testemunhas. Leonardo de Jesus Nascimento, 23 anos, e Gleidson Vinícius Vaz Dias, 24, roubaram, na noite dessa terça-feira (15), um táxi, no Viaduto dos Rodoviários, região do Largo do Tanque. O veículo foi recuperado, no Alto do Peru, assim como o celular e R$ 120 levados da vítima. “Estamos ampliando as ações contra estes criminosos que abordam táxis ou outros veículos utilizados por aplicativos. Esperamos que a dupla criminosa, reconhecida pela vítima, permaneça longe das ruas por um bom tempo”, desejou o titular da DRFRV, delegado Nélis Araújo.

Vítimas ao volante

Somente nesses primeiros 16 dias do mês, 20 taxistas foram assaltados em Salvador. Isso dá uma média de mais de um ataque criminoso por dia. Os dados são de um levantamento feito nesta quarta-feira (16) pela Associação Geral dos Taxistas (AGT), a pedido do CORREIO. Um dos assaltos, no Largo do Tanque, terminou com o motorista baleado na noite dessa terça. Até o final da manhã, José Raimundo Tavares estava internado em estado grave, porém estável. Ele foi atingido no pescoço ainda dentro do táxi GM Colbat (A-3426) por volta das 23h30, após ter sido abordado por três bandidos na localidade de São Lourenço, na Liberdade. Um dos criminosos usava uma submetralhadora fabricada nos Estados Unidos.

Foto: SSP/Divulgação

Em dois dias, quatro taxistas foram vítimas de violência na capital. Os ataques aconteceram entre as 20h20 dessa terça (15) e as 9h desta quarta (16). As ocorrências foram nos bairros de Pituba, Brotas e Cidade Nova, além do Largo do Tanque. Todos os casos são investigados pela Polícia Civil.  O primeiro registro de violência contra taxistas nessa terça (15) aconteceu por volta das 20h20. Um motorista estava parado em frente à Perini da Avenida Manoel Dias, na Pituba, quando foi abordado por dois homens e uma mulher. Armados, os criminosos levaram da vítima o táxi, um Renault Duster (A-4760), além de pertences (celular e a carteira). O carro foi recuperado na tarde desta quarta, no Nordeste de Amaralina. Às 22h30 dessa terça, no bairro de Acupe de Brotas, dois homens pediram uma corrida. Nas proximidades da Ladeira do Acupe de Brotas, a dupla anunciou o assalto e levaram o táxi e os pertencentes da vítima. Já nesta quarta, um taxista foi assaltado na Cidade Nova – três homens pediram uma corrida na Cidade Baixa com destino à Cidade Nova. Quando chegaram no local, anunciaram o assalto e levaram dinheiro, celular e documentos da vítima. (CB)

Comentários

Comentários

Artigos de Categorias:
Bahia