Segurança confessa agressão a cadela, mas diz que não queria matá-la

2 semanas Anterior written by

O segurança de uma unidade do Carrefour em Osasco (SP) confessou que agrediu uma cadela no último dia 28. O acusado pela agressão e morte do animal prestou depoimento a policiais civis na Delegacia de Meio Ambiente nesta quinta-feira (6). De acordo com informações do site do jornal ‘Extra’, o homem disse que sua intenção não era matar a cadela. Ele só teria percebido a gravidade do caso quando viu o sangue do animal, e acionou o Centro de Controle de Zoonoses. Segundo a reportagem, ele está surpreso pela repercussão nacional do caso e se disse arrependido de ter cometido as agressões. O suspeito vai responder em liberdade pelo crime de abuso e maus-tratos a animais. Se condenado, ele poderá ficar de três meses a um ano preso, além de ter que pagar uma multa. (Notícias ao Minuto)

Comentários

Comentários

Artigos de Categorias:
Brasil