Surpreso, volante é orientado a não falar sobre afastamentos no Bahia

3 anos Anterior written by

O volante do Bahia, Rafael Miranda, concedeu entrevista coletiva na manhã desta quarta-feira (12), no Fazendão. Em meio ao momento turbulento que tomou o CT Tricolor hoje, após os afastamentos de Uelliton, Branquinho, Léo Gago e Potita, o jogador relatou que foi orientado a não comentar sobre o fato.

“Foi uma situação que pegou a gente de surpresa e é um assunto que o clube pediu para que não entrássemos em detalhes e expuséssemos nossa opinião. Como funcionário do clube vou acatar. No futebol existem milhares de coisas que queríamos dar opinião e agente não pode. Sou profissional e vou acatar o pedido do clube”, destacou Miranda.

Apesar de não comentar sobre o tema, Rafael Miranda destacou que a ausência de Uelliton no time titular do Bahia será sentida. “Uelliton é um grande jogador. Tem qualidade no passe para fazer um lançamento. Vai fazer falta. A gente não sabe como a situação foi resolvida. Eu, como profissional do clube, vou tentar ajudar a quem estiver em campo, independente de quem seja. Ficarei triste se ele não participar mesmo do jogo”, completou o jogador.

Pra finalizar, o volante destacou a conversa que os jogadores tiveram com o novo treinador Charles Fabian. “Na visão dele, não tivemos a postura ideal no jogo do último domingo. O time entrou apático mesmo, omisso e ele bateu nessa tecla. Não quer um time dessa forma. Quer um time diferente, mais concentrado, mais ligado no objetivo e foi dentro disso que ele falou hoje. Deu enfase que a situação é difícil mas não é impossível. Ele falou da historia do Bahia que já passou por diversas dificuldades de superou. Então, enquanto tiver chance, a gente vai correr atrás dessas pequenas possibilidades”, encerrou o atleta tricolor.

 

 

Por: Redação Galáticos Online (Twitter: @galaticosonline)

Comentários

Comentários

Artigos de Categorias:
Esporte