Viciado em sexo, homem de 62 anos se castra para reduzir testosterona

2 anos Anterior written by

Aos 62 anos, um homem norte-americano que não teve sua identidade revelada passou por um processo médico para reduzir os níveis de testosterona em seu organismo. O idoso era viciado em sexo e havia traído sua esposa com mais de 50 prostitutas. Segundo informações do site britânico Mirror, o homem decidiu se consultar com o psiquiatra Renee Sorrentino depois que sua esposa descobriu as constantes traições nos últimos oito anos do casamento. O especialista prescreveu uma droga chamada Lupron, que tem o efeito de reduzir a quantidade de testosterona nos homens e de estrogênio nas mulheres. Após iniciar o tratamento, o homem declarou a revista New York Magazine que passou mais de um ano sem ter ereções. “Eu inclusive cogitei a possibilidade de arrancar os meus testículos caso não houvesse outro método de parar com isso. Estava preparado para fazer qualquer coisa que deixasse a minha mulher confortável”, afirmou. Mesmo sem ter feito uma “despedida” com a esposa antes de iniciar o tratamento, o homem acredita que a mudança tenha feita bem para o casamento. “Ela cuida do nosso negócio aqui em Massachusets e está sempre viajando. Nós preenchemos o nosso vazio sexual com outras coisas”, garantiu.

Comentários

Comentários

Artigos de Categorias:
Entretenimento · Internacionais