Agente da Polícia Civil morre após ser baleado no centro de Jaguaquara

6 anos Anterior written by
O Policial já trabalhou em Amargosa.

O agente da Polícia Civil Dilton Carlos, lotado na delegacia Territorial de Jaguaquara, unidade da 9ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior, que já trabalhou em Amargosa,foi alvejado por volta das 18h desta quinta-feira (2/4) nas proximidades de uma farmácia na Praça Guilherme Silva, área central da cidade quando chegava a bordo de um veículo CrossFox‎, de cor preta. Ferido a bala, no pescoço e no braço, Dilton ainda conseguiu dirigir o carro até Hospital Municipal de Jaguaquara, no bairro Muritiba, em busca de socorro médico, sendo encaminhado as pressas a emergência da unidade hospitalar, onde foi atendido pelo médico José Cardoso de Matos, que solicitou sua transferência para o Hospital Geral Prado Valadares, em Jequié. Após procedimento médico em Jaguaquara, já por volta das 19h, o policial foi levado numa ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência –Samu 192 sob escolta da Polícia Militar para o HGPV.

Em meio ao trajeto, na BR-116, quando a equipe tentava realizar a transferência para uma unidade avançada do HGPV, Dilton faleceu. Dois indivíduos ainda não identificados se encontravam em uma moto, de placa não anotada, e segundo informações teriam perseguido o policial para fazerem os disparos, pelo menos três disparos contra o agente. Ainda de acordo testemunhas, os elementos tomaram ignorado e a moto seria uma Honda/Twister.

Desde o momento em que propagou na comunidade a noticia da tentativa de homicídio, é grande o número de populares em frente ao hospital. A delegada Maria do Socorro e o Capitão PM Michel Frank comandam diligências na tentativa de localizarem os autores do atentado.(BlogMarcosFrahm)

Comentários

Comentários

Artigos de Categorias:
Amargosa · Assassinato · Bahia · Polícia

Deixe o seu Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.