Amargosa: Condomínio Cidade Jardim, um projeto pioneiro na região

7 anos Anterior written by

A quarta etapa da construção do Condomínio Cidade Jardim está chegando ao fim com a Distribuição de 201(duzentas e uma) casas populares causando apreensão e expectativa aos novos beneficiários , principalmente depois da confusa entrevista da Prefeita na Radio Vale FM, comunicando que substituiu a relação dos beneficiários e responsabilizando a Caixa Econômica Federal pela escolha dos novos proprietários.

O Projeto Condomínio Cidade Jardim foi idealizado na gestão do Prefeito Valmir Sampaio dotando o mesmo de casas populares, posto de saúde, creche, horta comunitária, áreas de lazer e de geração de renda e contou com a parceria da Conder – Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia. O mesmo foi feito em varias etapas buscando garantir a sustentabilidade da população do Bairro da Katiara e resolver os problemas de habitação da Rua Gerson de Oliveira.

A primeira etapa foi a construção de 42 casas, erguidas pela equipe da prefeitura que deu exemplo de administração, já que os recursos eram para construção de apenas 28 (vinte e oito). A verba foi captada junto ao Governo Federal através do Ministério das Cidades.

A segunda etapa foi a construção de mais 28 (vinte e oito ) casas realizada pelo Governo do Estado em parceria com a Conder. Importante lembrar que junto com a construção foi feito o esgotamento sanitário, transformando o Condomínio Cidade Jardim o único local da cidade com esgotamento sanitário do município com tratamento de resíduos.

A terceira etapa foi a Construção da Unidade de Saúde em Parceria com a Sesab – Secretaria de Saúde do Estado da Bahia, a Construção da Usina de Beneficiamento de Farinha para gerar renda aos moradores do local, sendo esta uma das mais modernas e equipadas da Região, além do início da Construção da Creche com recursos do Ministério da Educação.

A quarta etapa que está prestes a ser entregue conta com Recursos do Governo Federal do Programa Minha Casa Minha Vida no valor original de R$ 9.045.000,00 (nove milhões e quarenta e cinco mil), os recursos foram garantidos no governo passado inclusive com a escolha da construtora que estava entre as ranqueadas pela Caixa Econômica Federal. O critério para escolha dos beneficiários foi feito através de decreto municipal com lista publicada e encaminhada ao Ministério Público local.

Junto com o recursos para construção das 201 casas, o governo anterior também captou através Ministério das Cidades R$ 1.812.421,99 (um milhão, oitocentos e doze mil, quatrocentos e vinte e um reais e noventa e nove centavos) , que deverá ser utilizado na urbanização da Gerson de Oliveira resolvendo definitivamente o problema dos moradores do local, com praças e pontos de ônibus, dotando  de equipamentos importantes para melhorar a vida da população do bairro.

Este é um projeto pioneiro no Recôncavo da Bahia pelas suas características e pelo número de equipamentos do local, melhorando a qualidade de vida das famílias do Condomínio Cidade Jardim e do entorno.

foto: ASCOM/PMA

Fonte: Amargosa Notícias

Comentários

Comentários

Artigos de Categorias:
Amargosa · Bahia · Política

Deixe o seu Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.