Amargosa: Conheçam a história da nossa Cidade, ponto de referência do Vale do Jiquiriçá

5 anos Anterior written by

Histórico
A região era primitivamente habitada pelos índios cariris e baetinga . O povoamento do território foi iniciado por famílias procedentes de Santo Antônio de Jesus e Nazaré, que ali se estabeleceram, desenvolvendo a agropecuária. A princípio os pioneiros encontraram sérios obstáculos, em virtude das febres e dos ataques dos selvagens que depredavam as fazendas já florescentes. Desbaratada a resistência indígena pelo governo da província, formou- se o povoado Bom Conselho, elevado à freguesia em 1885, com o nome de Nossa Senhora do Bom Conselho de Amargosa. Supresso o município de Tapera em 1877, transferiu-se a sede para o arraial de Nossa Senhora do Bom Conselho de Amargosa, ficando assim criado o município. Em 1891, elevando-se a vila à cidade, simplificou-se o nome para Amargosa. O topônimo originou-se da existência na região, de uma espécie de pomba, cuja carne apresenta sabor amargo. No decorrer de sua história, Amargosa teve seu território desmembrado para formar os municípios de Brejões (1924) e Milagres, em 1961. Os nativos de Amargosa são chamados amargosenses.
Gentílico: amargosense
Formação Administrativa
Distrito criado com a denominação de Amargosa, pela resolução nº 574, de 30-06-1855, subordinado ao município Tapera (mais tarde Monte Cruzeiro). Elevado à categoria de vila com a denominação de Amargosa, pela lei provincial nº 1726, de 21-04-1877, desmembrado de Tapera. Sede no antigo distrito de Amargosa. Constituído do distrito sede. Instalado em 15-02-1878. Pela lei provincial nº 2190, 28-06-1881, é criado o distrito de Tartaruga e anexado ao município de Amargosa. Elevado à condição de cidade com a denominação de Amargosa, por ato de 09-06-1891. Pela lei estadual nº 767, de 25-04-1910, é criado o distrito de Corta Mão e anexado ao município de Amargosa. Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o município aparece constituído de 4 distritos: Amargosa, Corrente, Corta-Mão e Tartaruga. Pela lei municipal nº 126, de 07-05-1917, é criado o distrito de Brejões e anexado ao município de Amargosa. Nos quadros de apuração do recenseamento geral de 1-IX-1920, o aparece município é constituído de 7 distritos: Amargosa, Brejões, Corrente, Corta Mão, Ribeirão, Tartaruga e Veados (ex-Triunfo). Pela lei estadual nº 1715, de 24-07-1924, desmembra do município de Amargosa os distritos de Brejões e Veados, para constituírem o novo município de Brejões. Pelo decreto estadual nº 8622, de 01-09-1933, é criado o distrito de São Roque e anexado ao município de Amargosa. Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o município é constituído de 5 distritos: Amargosa, Corrente, Corta Mão, São Roque e Tartaruga. Pelo decreto estadual nº 11089, de 30-11-1938, o distrito de São Roque tomou a denominação de Diógenes Sampaio.
No quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943, o município é constituído de 5 distritos: Amargosa, Corrente, Corta Mão, Diógenes Sampaio (ex-são Roque) e Tartaruga. Pelo decreto estadual nº 12978, de 01-06-1944, o distrito de Corrente tomou a denominação de Itachama. Em divisão territorial datada de 1-VII-1950, o município é constituído de 5 distritos: Amargosa, Corta Mão, Diógenes Sampaio, Itachama (ex-Corrente) e Tartaruga. Pela lei estadual nº 628, de 30-12-1953, é criado o distrito de Nossa Senhora dos Milagres (ex-povoado de Milagres), com terras desmembradas do distrito de Tartaruga e anexado ao município de Amargosa. Em divisão territorial datada de 1-VII-1955, o município é constituído de 6 distritos: Amargosa, Corta Mão, Diógenes Sampaio, Itachama, Nossa Senhora dos Milagres e Tartaruga. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1960. Pela lei estadual nº 1589, de 22-12-1961, desmembra do município de Amargosa os distritos de Nossa Senhora dos Milagres e Tartaruga, para constituírem o novo município de Milagres (ex- Nossa Senhora dos Milagres). Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído de 4 distritos: Amargosa, Corta Mão, Diógenes Sampaio e Itachama. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

FONTE: 

Comentários

Comentários

Artigos de Categorias:
Amargosa · Bahia

Deixe o seu Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.