Amargosa: Homem é condenado há mais de 17 anos de prisão por assassinato

6 anos Anterior written by

Daquinate dos Santos Silva foi condenado há 17 anos e seis meses de prisão, pelo assassinato de Enelita Silva Sampaio (20 anos), em 03 de dezembro de 2002. O Julgamento aconteceu nesta quinta-feira (06), no Fórum de Amargosa.

O crime chocou a população de Amargosa. Daquinate que mantinha um relacionamento com Enelita desferiu um golpe de faca no pescoço da vítima, que chegou a ser socorrida no hospital de Amargosa, mas não resistiu aos ferimentos e veio a óbito. Enelita tinha dois filhos com Daquinate.  Um garoto de 03 anos e uma menina de apenas 3 meses de idade. A motivação do crime teria sido ciúmes.

Daquinate ficou foragido por 12 anos, sendo capturado em 2013 no Município de Wagner, distante 390 km da capital Salvador.

 

Com a condenação, Daquinate foi levado para o Presídio Lemos de Brito em Salvador, onde irá cumprir pena em regime fechado.

Amargosa News

Comentários

Comentários

Artigos de Categorias:
Amargosa · Justiça

Deixe o seu Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.