Amargosa poderá ter grandes números da covid-19 após festejos juninos que reuniram mais de 80 mil pessoas

1 mês Anterior written by

Os festejos juninos deixaram uma herança indesejada em várias cidades do interior baiano . Por lá, onde a aglomeração foi grande, os casos ativos de Covid-19 aumentaram. Em alguns municípios, o crescimento superou a marca de 1000%.

 

Amargosa, no centro-sul do estado, sozinha já acumulou alta de 1.533% nos casos ativos após a festa promovida pela prefeitura local. O arraiá reuniu, em média, um público de 80 mil pessoas por dia, como divulgado pela própria administração municipal. Segundo o boletim epidemiológico semanal de Amargosa, no dia 3 de junho a cidade tinha três casos ativos e uma busca por 39 testes. Já no dia 24 de junho, em pleno feriado junino, 49 pessoas testaram positivo e houve uso de 124 testes.

 

As festas por lá receberam um público de 80 mil pessoas por dia, de acordo com dados da administração municipal. Segundo o boletim epidemiológico semanal de Amargosa, no dia 3 de junho a cidade tinha três casos ativos e uma busca por 39 testes. Já no dia 24 de junho, em pleno feriado junino, 49 pessoas testaram positivo e houve uso de 124 testes.

 

De acordo com Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transportes e Comunicações da Bahia (Agerba), Santo Antônio de Jesus, Cruz das Almas, Irecê, Senhor do Bonfim, Ibicuí, Jequié e Cachoeira são algumas das cidades mais procuradas para viagens durante o São João. A maioria dos municípios já apresenta aumento nos casos.

 

Texto: Metro1/Correio

Comentários

Comentários

Artigos de Categorias:
Amargosa · Saúde

Deixe o seu Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.