Amargosa: Prefeitura superfatura contratação de bandas

6 anos Anterior written by

O Município de Amargosa, situado no Vale do Jiquiriçá, realiza um dos festejos juninos mais famosos do estado.

 

Nesse ano de 2015 a prefeitura investiu em contratações de bandas aproximadamente R$ 1.200.000,00, sendo que a cidade passa por dificuldades financeiras, reconhecida pela própria prefeita em entrevista realizada em uma rádio local, no dia 05 de junho.

 

Em pesquisa realizada pelos vereadores de oposição, foram identificados superfaturamento em, pelo menos, duas bandas: Flor Serena que na cidade custou R$ 25.000,00, em Euclides da Cunha custou R$ 12.000,00 em Amargosa, ou seja, contratação de mais de 100% do valor. Já Wesley Safadão custou R$ 300.000,00 e em São Francisco do Conde R$ 250.000,00, 20% de sobre preço, uma diferença grande mesmo considerando datas diferentes.

 

Outros gastos que chamaram atenção dos Vereadores foram à compra de bandeirolas no valor de R$ 21.488,00 sem licitação e o pagamento de R$ 44.508,80 para pregar as bandeirolas no fitilho totalizando R$ 65.996,80 de gastos só com Bandeirolas.

 

Segundo os vereadores, esse só é o início das investigações “Estamos analisando as publicações realizadas pela prefeitura e comparando com outros municípios, já entramos com denúncia junto ao Ministério Público para as devidas apurações”.

 

O cantor e compositor Chico César em recente entrevista ao site UOL, disse: A corrupção é uma prática inerente ao sistema, inclusive no meio artístico. “Há uma associação entre empresários de bandas, secretários de cultura, mulheres e maridos de prefeito(a). É uma clientela”, diz ele.

FONTE: AMARGOSA NOTÍCIAS 

Comentários

Comentários

Artigos de Categorias:
Amargosa · Bahia

Deixe o seu Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.