Antropólogo critica o “Vem pra rua” e diz que Dilma Rousseff é “impostora”

7 anos Anterior written by

Mesmo garantindo que engrossará a manifestação popular contra o Governo Dilma e a corrupção, programada para amanhã em Salvador, demais capitais e diversas cidades do país, o poeta, antropólogo, escritor e urbanista Antonio Risério questionou declarações da entidade “Vem Pra Rua”, uma das promotoras do ato. Ele acusa a entidade de “fascista e racista”, por afirmações como “chega de negros do Haiti entrando pelo Acre” e “basta de médicos cubanos no Brasil”. “A logística das recomendações para o ato é correta, mas as ponderações políticas são completamente equivocadas”, disse. “Vou à manifestação, mas não aceito essas posturas”, afirmou Risério, ao defender a presença no país de imigrantes “em luta contra a fome” e a atuação dos médicos cubanos no atendimento aos brasileiros “com tantas carências na área da saúde”. A mobilização social que disse entender como “fundamental” é a que “se volte para conquistas sociais e não para o retrocesso político”. Como se municiado por uma metralhadora giratória, ele mencionou o poeta Ferreira Gullar, que defende posições à direita, a quem respondeu: “Não vou dar passagem aos fascistas”.  (Tribuna)

Comentários

Comentários

Artigos de Categorias:
Brasil

Deixe o seu Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.