Após localizar celular através de aplicativo adolescente é assassinado

6 anos Anterior written by

As autoridades do Canadá estão advertindo aqueles que usam aplicativos de localização de telefones a terem cuidado depois que um adolescente foi morto quando tentava recuperar seu celular. Segundo a polícia, o jovem Jeremy Ryan Cook, 18, foi assassinado a tiros no último domingo, na província de Londres, no Estado de Ontário. Cook havia deixado acidentalmente seu telefone em um táxi. Porém, para localizá-lo, ele rastreou eletronicamente o aparelho, que o levou até um estacionamento. Chegando ao local acompanhado de um parente ele se aproximou de um carro com três pessoas dentro. O relatório da polícia indica que “Então ocorreu uma discussão sobre o telefone. O veículo começou a se afastar e a vítima tentou segurar a porta do lado do motorista. Então, o carro andou uma curta distância e tiros foram disparados”. Constable Ken Steeves, porta-voz do Serviço de Polícia de Londres, disse que a morte não significa que as pessoas não devem usar os aplicativos de localização para encontrar os seus telefones perdidos. Contudo, reforça que isso não significa que eles devem avaliar a situação antes de fazer a abordagem. Londres é uma cidade de mais de 360.000 pessoas, localizada na fronteira entre o Canadá e os Estados Unidos. De acordo com a rede norte-americana CNN, lá os homicídios são incomuns, pois dados apontam que houve dois assassinatos em 2014, nove em 2013 e sete em 2012. (Notícias ao Minuto)

Comentários

Comentários

Artigos de Categorias:
Crime · Internacionais

Deixe o seu Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.