Bebês que se alimentam apenas de leite materno desenvolvem flora intestinal mais benéfica

7 anos Anterior written by

A alimentação de um bebê durante seus primeiros meses de vida tem influência fundamental sobre a composição, diversidade e estabilidade do microbioma intestinal, segundo uma pesquisa publicada recentemente na revista norte-americana Frontiers in Microbiology Cellular and Infection. Realizado por pesquisadores da Escola de Medicina e da Faculdade de Artes e Ciências da Carolina do Norte, nos EUA, o estudo mostrou que as diferentes características desse microbioma estão ligadas à capacidade do organismo infantil de se alimentar de sólidos. “Achamos que os microbiomas de bebês que não são exclusivamente amamentados podem contribuir para mais dores de estômago e cólicas”, explicou a coautora do estudo e professora assistente no departamento de biologia celular e fisiologia da UNC, Andrea Azcarate-Peril, ao jornal O Globo.Durante o estudo, foram coletadas amostras de fezes e informações sobre a dieta e saúde de bebês com idade entre duas semanas e 14 meses. Depois que as crianças começaram a ingerir alimentos sólidos, os cientistas perceberam que bebês alimentados apenas com leite materno apresentavam cerca de 20 enzimas bacterianas, enquanto aqueles alimentados também com fórmula apresentaram cerca de 230 enzimas. Com a menor diversificação, os microbiomas de bebês exclusivamente amamentados apresentavam uma grande quantidade de Bifidobacterium, uma bactéria benéfica para a digestão.

Comentários

Comentários

Artigos de Categorias:
Mundo · Saúde

Deixe o seu Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.