Camacan: Mulher presa por chamar promotora de ‘sacaninha’ é solta após pagar fiança

6 anos Anterior written by

Uma mulher teve que pagar uma fiança de mais de R$ 2,3 mil para ser liberada após ter “desacatado” uma promotora com a expressão “sacaninha”. A dona de casa Elizana Santos da Silva – de 30 anos e que tem três filhos – ficou presa do domingo (4) até esta quinta-feira (8). De acordo com a Delegacia Territorial, Elizana estava em um dos locais de votação na eleição de conselheiros tutelares quando a promotora Catarine Rodrigues tropeçou no passeio. Ao ver a cena, a dona de casa teria dito: “Cuidado para não cair, sacaninha”. Ainda segundo a delegacia, Elizana teria ainda se retratado, mas a promotora não aceitou as desculpas. Durante a detenção, a dona de casa, que tem um filho com pouco mais de um ano, teve de amamentar na cela. A soltura só foi possível depois de decisão da juíza Leandra Leal Lopes, que, inicialmente, determinou fiança de R$ 7 mil, caindo depois para o valor de R$ 2.364.

 

Bahia Notícias

Comentários

Comentários

Artigos de Categorias:
Bahia

Deixe o seu Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.