Coloridos, mosquitos Aedes assustam moradores em São Paulo

5 anos Anterior written by

Contratada pela prefeitura de Piracicaba, cidade do interior de São Paulo, a empresa Oxitec produziu exemplares de mosquitos Aedes aegypti geneticamente modificados, todos machos. O objetivo é combater os vírus dengue, zika e chikungunya. Para tal, os insetos fecundam as fêmeas com larvas inviáveis, segundo informa o portal Correio 24 Horas. O problema, no entanto, é que os mosquitos receberam coloração azul, laranja, rosa e amarelo, de modo a serem diferenciados dos mais. Porém, os moradores do município não foram previamente avisados e alguns se assustaram. “Estávamos sentadas conversando, minha filha e eu, quando um dos mosquitos sentou no braço dela e ela matou. Quando ela olhou para ver se era da dengue, percebeu que ele era rosa e ficamos intrigadas”, contou uma moradora ao Uol. Em nota, a prefeitura e a Oxitec disseram que “é importante relembrar que os mosquitos coloridos são os mesmos machos do ‘Aedes do Bem’ que vêm sendo liberados desde 30 de abril de 2015, ou seja, não picam e são totalmente seguros”.

Comentários

Comentários

Artigos de Categorias:
Brasil · Saúde

Deixe o seu Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.