Comerciante é morto a tiros no Imbuí; taxista é suspeito, diz PM

7 anos Anterior written by

Um comerciante de 55 anos foi baleado e morreu no bairro do Imbuí, em Salvador. O crime aconteceu na noite da quinta-feira (16), na rua dos Colibris, ao lado da Escola Pirilampo. De acordo com o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), a vítima era o dono de uma barraca de cachorro-quente e doces que ficava no local há mais de 20 anos.Ele foi identificado como Antônio Paulo Bispo da Silva, mais conhecido na região como ‘Tonho’. Além de vender lanches no local, o comerciante também morava na barraca onde o crime aconteceu por volta das 22h de ontem.A vítima estava no interior do estabelecimento quando o local foi atingido por dois tiros. Um dos disparos atingiu Antônio Paulo na virilha. Ele não resistiu aos ferimentos e morreu no local.De acordo com a 39ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM/Boca do Rio), informações preliminares apontam que o autor dos disparos seria um taxista com quem a vítima tinha brigado.O DHPP, que investiga o caso, não confirmou a suspeita. A Polícia Civil revelou que o comerciante tinha se desentendido com um taxista na semana passada, mas que não encontrou nenhum testemunha que tivesse presenciado a discussão e pudesse revelar o motivo da briga.O taxista ainda não foi identificado pela polícia. A discussão entre os dois também foi confirmada pela Central de Polícia, que não precisou a identidade do atirador na noite de ontem (16). O crime está sendo investigado pela delegada Andreia Ribeiro, titular da 1ª Delegacia de Homicídios Atlântico.O corpo do comerciante foi encaminhado ao Departamento de Polícia Técnica (DPT), onde deverá passar por uma perícia. O crime aconteceu 24 horas após o assassinato de um rapaz de 20 anos, que foi baleado no rosto na rua da Bolandeira, no bairro do Imbuí, na noite da quarta-feira (15).O jovem, identificado como Tairone Lucas de Jesus Silva, estava no local quando foi baleada no rosto por dois homens. A dupla fugiu em seguida. Tairone foi socorrido pelo irmão para o Hospital Roberto Santos. No entanto, ele não resistiu aos ferimentos e morreu após dar entrada na unidade médica. Os autores do crime ainda não foram identificados pela polícia, e o DHPP também investiga o caso.(Correio)

Comentários

Comentários

Artigos de Categorias:
Assassinato · Bahia

Deixe o seu Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.