Cotado para a Fazenda, Wagner diz que “quem banca” economia é Dilma

6 anos Anterior written by

Em meio a rumores sobre uma possível ida ao Ministério da Fazenda, o ministro da Casa Civil, Jaques Wagner, afirmou nesta sexta-feira (18) que “quem banca” a política econômica do país é a presidente Dilma Rousseff. Nos últimos dias, surgiram em Brasília rumores sobre a possível saída de Joaquim Levy do Ministério da Fazenda. Na última terça (15), a presidente Dilma enviou ao Congresso uma proposta para reduzir a meta de superávit primário (economia para pagar os juros da dívida) de 2016 para 0,5% do Produto Interno Bruto (PIB), contrariando a proposta de Levy de uma meta de 0,7%. “Há um equívoco dos que fazem a leitura sobre os caminhos do governo da presidenta Dilma. Quem banca a política econômica não é o ministro da Fazenda. Quem banca a política econômica é a presidenta da República, e ela convoca o ministro para cumprir. Evidentemente, que discute com ele”, afirmou o ex-governador. “Mas se ilude quem aponta o fuzil para este ou aquele ministro. Quem vai bancar a política econômica, quem decide ouvindo outras pessoas, o ministro, é ela. Quem bancou a questão do ajuste fiscal foi a presidenta Dilma”, concluiu. De acordo com o jornal O Globo, Wagner também concorre com Nelson Barbosa, do Planejamento, para o cargo de Levy. (Metro1)

Comentários

Comentários

Artigos de Categorias:
Brasil · Governo · Política

Deixe o seu Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.