CPI da Petrobras ouve nesta quarta executivos investigados na Lava Jato

7 anos Anterior written by

A CPI da Petrobras na Câmara, que investiga denúncias de iregularidades em contratos da estatal, vai ouvir nesta quarta-feira (20) os depoimentos de Dalton Avancini, presidente da Camargo Corrêa, e Erton Medeiros, diretor de negócios da Galvão Engenharia. Ambos foram presos na sétima etapa da operação Lava Jato, em novembro de 2014, e atualmente cumprem regime domiciliar. A sessão da CPI está marcada para começar às 14h30. Avancini fechou acordo de delação premiada com o Ministério Público para contar o que sabe em troca da redução de uma eventual pena.Na delação, ele confirmou que existiu o chamado “clube” de empreiteiras que combinavam preços para ganhar contratos com a Petrobras e que o principal objetivo do cartel era manter os preços dos contratos “em um patamar bom para as empreiteiras, não existindo uma pretensão de majorar artificialmente o valor a ser pago pela estatal”. A defesa de Medeiros já admitiu que o cliente pagou propina ao esquema de corrupção que atuava na Petrobras, com objetivo de evitar que a Galvão Engenharia fosse prejudicada em contratos que mantinha com a estatal do petróleo. Os advogados chegaram a protocolar comprovantes de pagamentos de R$ 8.863.000.

Comentários

Comentários

Artigos de Categorias:
Brasil

Deixe o seu Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.