Criança baiana é agredida por adultos em quadra de condomínio; assista

5 meses Anterior written by

Foto: arquivo pessoal

Um garoto baiano de seis anos foi agredido com socos e empurrões na quadra de um condomínio na cidade de São Paulo, no último domingo (9/12). Os suspeitos da agressão são os pais de outro garoto da mesma idade. Segundo testemunhas, o casal tinha ido passar o domingo na casa dos pais, moradores do prédio, com o filho deles. A confusão começou quando o menino subiu no apartamento dos avós com um sangramento na região da boca. O casal pensou que o garoto baiano tivesse batido no filho deles. Assim que recebeu a informação, o pai desceu até a quadra de esportes e segurou os braços do baiano para trás para que a criança machucada desse um soco no rosto. Em seguida, a mãe também foi para a quadra e empurrou o garoto no chão. Entretanto, o que aconteceu, segundo a tia do garoto agredido, foi que criança tropeçou sozinha na própria bola, caiu e bateu a boca no chão. Ela ainda suspeita que alguém deve ter dito para a família do garoto ferido na boca que o sobrinho dela havia agredido o outro menino, o que, conforme as imagens mostram, não aconteceu. Toda a agressão foi registrada em imagens do circuito interno do condomínio. No momento, elas estão com a Polícia Civil para investigação da Delegacia de Proteção da Criança e do Adolescente (DPCA). O garoto agredido mora com os pais na Bahia e está de férias com a irmã na casa da tia, moradora do condomínio, para o aniversário do primo de 9 anos. Segundo a tia, as crianças estão assustadas após o ocorrido. A tia do menino registrou ocorrência na DPCA após ter acesso ao circuito interno de vídeo. Ela pegou as imagens na segunda-feira (10/12) e na terça (12/12) procurou o Departamento de Polícia Especializada (DPE).

Comentários

Comentários

Artigos de Categorias:
Crime

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.