Denúncia contra Lula está ligada a triplex no Guarujá, mas não faz parte da Lava Jato

5 anos Anterior written by

A denúncia feita pelo Ministério Público de São Paulo (MP-SP) está relacionada à ligação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva com o triplex no Condomínio Solaris, no Guarujá, mas não faz parte da operação Lava Jato. De acordo com o promotor José Carlos Blat, a investigação envolve empreendimentos da Bancoop – cooperativa habitacional dos bancários – que foram transferidos para a OAS. Criada em 1996 para construir casas e apartamentos a preço de custo, a cooperativa não teria conseguido levar adiante os empreendimentos. Blat explicou que a Bancoop repassou os imóveis para a OAS, que começou a cobrar taxas ilegais e a fracionar os terrenos para construir prédios de alto luxo, vendidos a pessoas que não eram cooperados. Segundo o promotor, o dinheiro que deveria ter sido aplicado na construção dos imóveis foi desviado para financiar campanhas eleitorais do PT. Nas contas dos investigadores, 6 mil cooperados foram prejudicados. Na denúncia, o ex-presidente Lula foi acusado de lavagem de dinheiro e falsidade ideológica. (BN)

Comentários

Comentários

Artigos de Categorias:
Brasil · Política

Deixe o seu Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.