Doação do sangue do cordão umbilical pode salvar vidas

5 anos Anterior written by

Armazenar o sangue do cordão umbilical em bancos públicos é uma alternativa que está ganhando força no Brasil. A possibilidade de salvar vidas é o que motiva gestantes a se tornarem doadoras. Atualmente, existem no Brasil 13 bancos públicos de sangue do cordão umbilical da rede BrasilCord que diversificam o material genético disponível para transplantes e facilitam a localização dos doadores de medula em todo o território nacional. São quatro bancos em São Paulo, um na cidade do Rio de Janeiro, um no Distrito Federal, um em Santa Catarina, um no Rio Grande do Sul, um no Ceará, um no Pará, um em Pernambuco, um no Paraná e um em Minas Gerais. Para ser doadora do material é necessário: ter entre 18 e 36 anos; ter feito, no mínimo, duas consultas pré-natal; o bebê tem que ter nascido com mais de 35 semanas de gestação; e a mãe não pode ter histórico de câncer ou doenças hematológicas. Com informações do Portal EBC.

Comentários

Comentários

Artigos de Categorias:
Brasil · Saúde

Deixe o seu Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.