Estudante morta em Cachoeira possuía medida protetiva contra ex-namorado

2 semanas Anterior written by

A jovem estudante Elitânia de Souza da Hora, 25 anos, que assassinada na noite da última quarta-feira (27) na cidade de Cachoeira (leia aqui) possuía uma medida protetiva contra seu ex-namorado que é apontado como autor do crime. Segundo o delegado João Mateus Correia, em entrevista ao G1 o suspeito era investigado por agressões a vítima e estava impedido de se aproximar da mesma.

Ainda segundo informações do delegado, o homem já teria sido ouvido na delegacia antes do crime de quarta-feira. A justiça já expediu o pedido de prisão preventiva do suspeito que está foragido.

 
 

Redação: Voz da Bahia

Comentários

Comentários

Artigos de Categorias:
Bahia · Polícia

Deixe o seu Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.