Feira: Para ‘salvar’ a previdência, governo municipal vai aumentar desconto dos servidores

5 anos Anterior written by

Foto: Ney Silva/Acorda Cidade

O governo do prefeito José Ronaldo de Carvalho vai encaminhar à Câmara Municipal um projeto de Lei que aumenta a alíquota de contribuição ao Instituto de Previdência Municipal de Feira de Santana. Também existe a possibilidade de definição de uma alíquota para as pessoas que trabalham no município através de cooperativas. O anúncio foi feito pelo vereador José Carneiro, líder do governo na Câmara de Vereadores, durante a realização da primeira sessão ordinária do ano de 2017, realizada nesta segunda-feira (20). Na sessão foi votado um requerimento do vereador Roberto Luís da Silva Tourinho, para que seja realizada uma sessão especial com objetivo de discutir o déficit da previdência com a proposta de definir o novo percentual de alíquota, que hoje é de 12%. De acordo com José Carneiro, o governo municipal, nos últimos quatro anos, onerou as suas despesas com a previdência municipal em mais de 20%. Atualmente, de acordo com José Carneiro, hoje o governo contribui com 34% para fechar as contas da previdência. “Nós ainda não sabemos qual será o novo percentual que o governo vai descontar dos servidores, mas acredito que vai gerar em torno de 1,5 a 2%, no máximo. São valores que não serão consideráveis”, salientou o vereador. José Carneiro não soube informar se mesmo com esse aumento de percentual em que o servidor da prefeitura vai pagar a mais será suficiente para equilibrar as contas da previdência municipal. Ele admitiu ainda a possibilidade de se discutir o desconto para a previdência municipal dos trabalhadores que são contratados através das cooperativas.(Acorda Cidade)

Comentários

Comentários

Artigos de Categorias:
Bahia

Deixe o seu Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.