Filho de prefeito de Salinas tem prisão preventiva solicitada após acusação de agredir a ex e está foragido

4 meses Anterior written by

O filho do prefeito de Salinas de Margarida, Felipe Pedreira, está sendo procurado pela polícia, desde sexta-feira (18), quando a Justiça acatou ao pedido de prisão preventiva solicitado pelo Núcleo de Proteção à Mulher (NPM), da 4ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), com sede em Santo Antonio de Jesus, no Recôncavo Baiano. Felipe é acusado de agredir a ex-mulher, Clara Emanuele Santos Vieira, no dia 8 de maio. A reportagem do BNews, Clara, que é filha do prefeito de Muniz Ferreira, contou estava em casa estudando e o suspeito chegou a acusando de ter outro. Segundo a jovem, o marido a espancou com socos e chutes, feriu seus dedos das mãos com uma faca e cortou seus cabelos. Durante as agressões, ele a teria xingado e ameaçado de morte. Clara e Felipe estavam separados por conta de outra agressão que ela tinha sofrido em Santo Antônio de Jesus. Em seu depoimento à polícia, ela explicou que foi agredida pelo marido e ele teria atirado na parede da casa para assustá-la. Na quarta-feira (23), investigadores da 4ª Coorpin e da Coordenação de Apoio Técnico à Investigação (Cati), do Departamento de Polícia do Interior (Depin), cumpriram o mandado de busca e apreensão na casa do acusado e em outros imóveis pertencente à família dele, mas nada foi encontrado. “Estivemos nas cidades de Salinas da Margarida, Arauá, Jaguaripe e em lugares indicados por denúncias anônimas, mas ele não foi localizá-lo”, explicou a delegada Patrícia Jackes, que investiga o caso. (Informações: BNews)

Comentários

Comentários

Artigos de Categorias:
Bahia · Justiça