Governador Rui volta a criticar juíza eleitoral: deveria se dar como impedida

6 anos Anterior written by

O governador Rui Costa participou da comemoração dos 194 anos da Independência do Brasil, nesta quarta-feira (7), em Salvador. O petista voltou a levantar suspeita sobre a isenção da juíza eleitoral Ana Cláudia Mesquita em julgamentos recentes envolvendo ACM Neto (DEM) e Alice Portugal (PCdoB), candidatos a prefeito de Salvador. Segundo o petista, as disputas fazem parte do processo, mas se tornaram desiguais após a juíza responsável por julgar as principais liminares declarar apoio ao PSDB, em suas redes sociais. “A Constituição Brasileira é muito explicita quando diz que membros do judiciário podem ter filiação partidária, e não podem se envolver com a política”. “Qualquer juiz que usa a rede social para tecer comentários negativos contra um partido político e elogioso contra outro, esse juiz na minha opinião está descumprindo a Constituição Brasileira”, disse em conversa com jornalistas nesta manhã. E acrescenta: “é preciso que todos respeitem a legislação, até porque se não, a Justiça perde a credibilidade. E portanto, repito, alguém que fez e compartilhou comentários pessoais, e vem fazendo desde 2014, inclusive na minha eleição, essa pessoa não está condições de julgar Na Justiça Eleitoral. A própria juíza deveria se dar como impedida”, finaliza. (BocaoNews)

Comentários

Comentários

Artigos de Categorias:
Bahia · Governo

Deixe o seu Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.