Grama nativa da Austrália é usada para deixar camisinhas mais finas

5 anos Anterior written by

As camisinhas poderão em breve se tornar mais finas. Um estudo divulgado pela revista ‘Super Interessante’, mostra que cientistas australianos encontraram uma forma de reduzir a espessura do preservativo masculino e, ao mesmo tempo, torná-lo mais resistente. O segredo para a esta evolução no produto está em uma grama nativa na Austrália e Oriente Médio: a spinifex. Os cientistas realizaram forçaram o material a passar por um buraco pequeno em alta pressão, retirando os resíduos. Ao final do experimento, sobraram fibras de nanonucleose que podem ser misturadas com o látex e usadas em camisinhas. As novas camisinhas conseguiram suportar 20% mais pressão e expandir 40% mais do que as comuns. Além disso, elas são 30% mais finas do que as ultrafinas disponíveis hoje no mercado. Ainda assim, os pesquisadores buscam reduzir ainda mais a espessura do material, que também poderá ser usado na fabricação de luvas cirúrgicas.

Comentários

Comentários

Artigos de Categorias:
Entretenimento

Deixe o seu Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.