Homem é condenado a 23 anos de prisão por homicídio em Itapuã; crime foi por ciúmes

5 anos Anterior written by

A 1ª Vara do Tribunal do Júri, em Salvador, condenou na última terça-feira (21), o bacharel em direito, Jean Devis Lasse de Oliveira a 23 anos e quatro meses de prisão pelo assassinato de Thiago Valentim dos Santos Vidal e por tentar matar Thauam Santana Santos. O sobrevivente ficou paraplégico. O caso aconteceu em fevereiro de 2014, durante uma festa de aniversário em um bar, em Itapuã. O crime teria ocorrido por ciúmes. Jean foi até o bar ao ver uma foto que a ex-namorada, a enfermeira Jamille Paixão, havia acabado de postar no Facebook. As vítimas eram colegas no curso de Engenharia Ambiental, na Faculdade Área 1, na Paralela, e não conheciam Jamille. Os jurados acataram a denúncia oferecida pelo Ministério Público da Bahia (MP-BA). Jean foi condenado por homicídio qualificado e tentativa de homicídio, cometido por motivo torpe e de forma que impossibilitou a defesa das vítimas. Jean cumprirá a pena, inicialmente, em regime fechado. A sentença foi proferida pela juíza Gelzi Maria Almeida Souza. (BN)

Comentários

Comentários

Artigos de Categorias:
Bahia · Crime · Justiça

Deixe o seu Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.