Investigado pelo TCM, prefeito tem 15 dias para provar legalidade do Madre Verão

5 anos Anterior written by

Após denúncia do Jornal da Metrópole, que mostrou que a prefeitura de Madre de Deus gasta cerca de R$ 5 milhões para a realização do Madre Verão, o Tribunal de Contas dos Municípios resolveu investigar o caso. O presidente do TCM, Francisco Andrade Neto, determinou uma análise minuciosa dos valores pagos durante os festejos e agora, o prefeito Jeferson Andrade (PP) terá até o dia 3 de março para apresentar toda a documentação relacionada a festa. De acordo com o TMC, terão de ser apresentadas todas as planilhas do evento, contratos, valores pagos e licitações, além de todos os gastos especificados. Os documentos serão analisados peloresponsável pela 1ª Inspetoria Regional de Controle Externoinspetor Humberto Frederico Borba da Trindade. E, caso seja encontrada alguma ilegalidade, o TCM tomará as medidas cabíveis. (Metro1)

Comentários

Comentários

Artigos de Categorias:
Bahia · Justiça · Política

Deixe o seu Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.