Jovem é morto a tiros na Ilha de Itaparica e manifestantes culpam a PM

5 anos Anterior written by

Moradores da Ilha de Itaparica fizeram um protesto, nesta quinta-feira (04), por causa da morte de um homem por disparos de armas de fogo. Herbert Alves tinha 19 anos e seu corpo foi encontrado com marcas de tiro, no bairro Urbis. Os manifestantes acusam a polícia de ter cometido o crime. O protesto começou durante o enterro da vítima. Segundo a PRE (Policia Rodoviária Estadual) , o caixão com o corpo foi levado por manifestantes até o fórum da cidade, cobrando agilidade nas investigações. Herbert foi enterrado ainda nesta manhã. A manifestação foi transferida para o entroncamento da cidade, na BA 001, e depois transferido para o terminal marítimo de Bom Despacho. A PRE informou que não sabia quantas pessoas participaram do velório do protesto, mas disse que pelo menos 100 pessoas estavam no local. A equipe do r7 tentou entrar em contato com a 5ª CIMP (Companhia Independente de Polícia Militar) para perguntar sobre a autoria na morte de Hebert, mas não teve sucesso. (R7)

Comentários

Comentários

Artigos de Categorias:
Assassinato · Bahia

Deixe o seu Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.