Juiz flagrado em carro de Eike responde a três processos no valor de R$ 400 mil

7 anos Anterior written by

O juiz federal Flávio Roberto de Souza, flagrado dirigindo o carro do empresário Eike Batista que iria a leilão na semana passada, corre o risco de perder parte dos bens por conta de processos judiciais. A dívida do magistrado já passa de R$ 400 mil. Nas ações, a Justiça determina o imediato pagamento dos débitos ou a penhora de bens do magistrado. No total, o juiz acumula três processos, dois deles movidos pela Caixa Econômica Federal por conta de empréstimos realizados em maio de 2011 e fevereiro de 2012; um no valor de R$ 172 mil e outro no valor de R$ 242 mil. O terceiro processo foi movido pela União Federal e tem a ver com um pedido de cobertura de despesas do magistrado por ter mudado do Rio de Janeiro para o Espírito Santo, par onde sua ex-mulher, também juíza federal, já havia sido transferida. O pedido foi negado e o juiz obrigado a pagar R$ 2.435 de despesas com o processo. Como a dívida não foi quitada, em janeiro deste ano, a Justiça determinou a penhora de bens do magistrado. Nesta quinta-feira (5), desembargadores do Órgão Especial do Tribunal Regional Federal (TRF) da 2ª Região decidem se Souza responderá a processo administrativo por conta de duas sindicâncias abertas contra ele. Ao fim da ação, o juiz pode ser demitido. (Correio)

Comentários

Comentários

Artigos de Categorias:
Brasil · Justiça

Deixe o seu Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.