Júlio Pinheiro responde Rosalvinho Sales: “quer mudar o foco”

6 anos Anterior written by

O candidato à prefeitura de Amargosa, Júlio Pinheiro (PT), respondeu as acusações do candidato do Partido Verde (PV), Rosalvinho Sales, que ajuizou uma representação contra o adversário por conta de propaganda irregular.

De acordo com Pinheiro, “Rosalvinho acha que o eleitor é ingênuo e quer mudar o foco da campanha. Ele questiona judicialmente um nome em uma imagem de rede social enquanto ele próprio é réu em nada menos que cinquenta e dois processos por razões como emissão sistemática de cheques sem fundos, improbidade administrativa, desvio de recursos públicos, caixa dois, fraudes de licitações, dano ao erário municipal e federal, entre outros”. Júlio comentou ainda que “Rosalvinho só pode estar amargurado com todos os processos que carrega nas costas e por isso agora tenta demonstrar alguma legitimidade buscando qualquer equívoco na minha campanha”, concluiu.

Rosalvinho Sales foi prefeito de Amargosa entre os anos de 1996 e 2003, mas foi cassado antes do término do seu mandato. No período, ficou conhecido nacionalmente após publicação da revista Veja do dia 28 de abril de 2004, intitulada de “Uma Praga Nacional: corrupção e inépcia nas prefeituras desviam mais de 20 bilhões de reais por ano”. No último dia 12 de agosto, Sales foi proibido pela Justiça Eleitoral de realizar visitas na cidade após pedir votos no bairro da Catiara durante o mês de julho, prática considerada irregular antes do período de campanha.

 

Fonte: Assessoria de Júlio Pinheiro

Comentários

Comentários

Artigos de Categorias:
Amargosa · Bahia

Deixe o seu Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.