Júri condena pistoleiro que matou 100 pessoas a 20 anos de prisão

5 anos Anterior written by

Um pistoleiro de 43 anos que teria matado mais de 100 pessoas em Rondônia foi condenado a 20 anos de prisão por um dos assassinatos em que é investigado. O júri popular do Tribunal de Justiça de Rondônia (TJ-RO) deu a sentença em questão pela morte de um homem de 31 anos em junho de 2010 na cidade de Ariquemes (RO). As informações são do G1. Zildo Lúcio Cavalcante já estava preso no município por outro crime e permanecerá recluso após a condenação. O júri e o Conselho de Sentença reconheceram, por maioria dos votos, que Cavalcante cometeu homicídio duplamente qualificado por ter matado o homem em troca de recompensa. Zildo Lúcio Cavalcante foi preso em julho do ano passado, em Toledo (PR), na casa onde morava desde abril. O mandado de prisão foi deflagrado depois que a Polícia Civil de Ariquemes enviou informação sobre a localização do suspeito. Posteriormente, ele foi transferido para Ariquemes, onde cumpre sentença.

Comentários

Comentários

Artigos de Categorias:
Brasil · Crime · Justiça

Deixe o seu Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.