Lenda dos esportes radicais, americano morre após saltar de penhasco de 2.300m

6 anos Anterior written by

O americano Dean Potter, considerado uma lenda dos esportes radicais, morreu aos 43 anos neste sábado, em um acidente de Base Jump, no parque de Yosemite, na Califórnia, nos Estados Unidos. Seu corpo foi encontrado neste domingo, segundo as autoridades do parque, assim como o de seu amigo Graham Hunt, de 29 anos, que também morreu. Potter e Hunt pretendiam realizar Base Jump – uma modalidade na qual são realizados saltos de penhascos, prédios e outros locais com um paraquedas apropriado para baixas altitudes – no penhasco de Taft Point, a uma elevação de 2.300m. A prática do esporte é considerada ilegal no local. De acordo com a revista americana Outside, especializada em esportes radicais, a morte da dupla ocorreu possivelmente devido a um acidente logo após o momento do salto. Potter e Hunt vestiam wingsuit, uma roupa que permite planar por mais tempo, e por isso nem chegaram a abrir os seus paraquedas. Dean Potter era uma celebridade dos esportes radicais. Ele foi o criador da modalidade Free Base, que combina habilidades de escalada com o Base Jump. Inovador e controverso, ele chegou a perder alguns patrocínios devido a seu temperamento forte. No ano passado, lançou o filme When the Dogs Fly (Quando os Cães Voam, em tradução literal), no qual realiza saltos com seu cão de estimação, Whisper. (Veja)

Comentários

Comentários

Artigos de Categorias:
Acidente · Famosos · Internacionais

Deixe o seu Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.