Levy diz que nova meta fiscal é resultado da ‘arrumação da casa’

6 anos Anterior written by

O ministro da Fazenda, Joaquim Levy, comentou, em entrevista coletiva na Embaixada do Brasil em Londres, que a nova meta fiscal divulgada esta semana é resultado da “arrumação da casa” feita pela equipe econômica. “A gente está botando a casa em ordem, e quando se coloca a casa em ordem aparecem números muito grandes”, disse. O ministro argumentou que o governo está quitando dívidas pendentes e a estratégia agora “não é só gastar dinheiro para fomentar a economia”.”Parte do resultado deste ano vai ser afetado pelas despesas dos anos anteriores, mas a gente está virando a página de uma maneira muito responsável”, disse o ministro. “A gente tem mudado a maneira de conduzir a política, até pela mudança do ambiente global, para tentar estimular a economia. Levy listou algumas das medidas que estão por trás da previsão de déficit enviada ao Congresso. “A gente já pagou R$ 17 bilhões em subsídios do Plano Safra e no PSI. A gente também está pagando o subsídio dos empréstimos do BNDES que não vinham sendo pagos desde 2010. É importante colocar a casa em ordem para ajudar a ter um 2016 mais forte”, disse. O ministro também comentou que a economia brasileira sofre com um ciclo de consequências da falta de confiança dos agentes econômicos. “Temos um déficit grande. É claro que a economia está em situação mais difícil porque há essa deterioração. Mas a deterioração econômica é resultado da própria falta de confiança”, disse. Levy comentou que essa situação de deterioração é gerada porque as pessoas têm focado nos problemas de curto prazo do País. Durante a entrevista, Levy comentou ainda que a nova taxa de câmbio do Brasil – com real mais desvalorizado – já começa a favorecer a indústria. “Muitos negócios estão passando a usar fornecedores domésticos, mas ainda estão receosos porque há incerteza. Quando a confiança crescer, você vai criar novos empregos, especialmente na indústria”.

Comentários

Comentários

Artigos de Categorias:
Brasil

Deixe o seu Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.