Líder coreano executa arquiteto por não gostar de projeto de aeroporto

6 anos Anterior written by

O líder norte-coreano, Kim Jong Un, mandou executar um arquiteto porque não ficou satisfeito com o design que o profissional havia feito para o aeroporto de Pyongyang, de acordo com o jornal the Mirror. Durante dias, o chefe da Coreia do Norte fez publicidade ao novo edifício do aeroporto, que visava aumentar o turismo do país. O edifício possui uma joalheria, um café, uma farmácia, uma fonte de chocolate e outros tipos de comércio.O aeroporto foi inaugurado na quinta-feira (25) após polêmicas. No final de 2014, a construção ficou parada por algum tempo após o líder ordenar mudanças no projeto. Pouco tempo depois disso, o arquiteto Ma Won Chun, do Departamento de Design da Comissão de Defesa Nacional foi executado junto de outros oficiais. A morte do profissional coincidiu com um relatório feito pelo NKNews.com que explica sobre a suspensão das renovações no aeroporto por conta da “insatisfação de Kim”. “Os defeitos foram manifestadas na última fase de construção do Terminal 2 porque os designers não conseguiram ter em mente a ideia do partido de beleza arquitetônica – que é a vida e alma para preservar o caráter Juche e identidade nacional”, de acordo com Kim Jong Un. (iBahia)

Comentários

Comentários

Artigos de Categorias:
Crime · Internacionais

Deixe o seu Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.