“Minha carreira não está manchada”, diz Anderson Silva sobre doping

7 anos Anterior written by

Abordado em uma rua de Los Angeles, o lutador Anderson Silva falou ao site TMZ, especializado em celebridades. Em um vídeo de pouco mais de dois minutos, Anderson voltou a dizer que não sabe o que aconteceu para testar positivo nos exames. “Não sei o que aconteceu, estou surpreso. Quando meu manager me ligou e contou o que aconteceu, eu disse: ‘O quê??’. Não sei o que aconteceu”, disse o Spider na entrevista ao TMZ. Apesar de declarar na entrevista que não ache que sua reputação tenha sido abalada com o episódio, Anderson disse que o resultado do antidoping foi muito ruim para ele e para o MMA. “Estou feliz porque a comissão (Comissão Atlética de Nevada) me ajuda, eu ajudo a comissão. Estamos trabalhando juntos. Acho que isso é ruim para o esporte, ruim para mim, para minha vida. Nunca usei nada para melhorar minha performance nas lutas”, afirmou o brasileiro. Anderson Silva garantiu que pretende voltar a lutar assim que for liberado. O lutador espera retornar já em 2016. “Acho que sim, acho que no próximo ano. Quando a comissão disser que acabou, vou voltar a lutar”, disse o Spider, que espera disputar uma nova luta contra Nick Diaz.  “Respeito a comissão, mas estou pronto para lutar de novo contra Nick Diaz”.  Anderson Silva testou positivo em dois exames realizados a mando da Comissão Atlética de Nevada, que regula o MMA em Las Vegas (EUA), local da luta que venceu, por decisão unânime dos juízes, contra Nick Diaz, em 31 de janeiro. O primeiro, de surpresa, aconteceu em 9 de janeiro. Foi constatada a presença de duas substâncias proibidas em análises de sangue e urina: drostanolona e androsterona, que, juntos, serviriam para ajudar no aumento e no fortalecimento da massa muscular. O segundo, feito no dia do combate, apontou novamente o esteroide anabolizante drostanolona e benzodiazepina, substância contida em remédios para tratamento da ansiedade. No dia 17 de fevereiro Anderson foi suspenso temporariamente, até que o caso seja julgado, o que deve acontecer em março ou abril, em reunião da Comissão Atlética de Nevada.

Também recebeu a punição provisória seu adversário, Nick Diaz, cujos exames apontaram presença do princípio ativo da maconha. Anderson Silva é o melhor lutador de MMA do Brasil de todos os tempos, apontados por muitos especialistas e fãs do MMA também como o maior de todos no mundo. Campeão dos médios do UFC de outubro de 2006 a julho de 2013, é recordista de defesas de cinturão na organização, com dez. Aos 39 anos, tem 40 lutas na carreira profissional, e 34 vitórias. (Correio)

Comentários

Comentários

Artigos de Categorias:
Esporte · Famosos · Internacionais

Deixe o seu Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.