Ministro da Saúde liberou verba da Caixa usada em negócio de filho

6 meses Anterior written by

Investigações internas da Caixa Econômica Federal apontam que o atual ministro da Saúde, Gilberto Occhi, liberou, quando gestor do banco, recursos que foram usados na compra de Casa Lotérica vendida pelo filho e o enteado dele em Alagoas. Segundo a Folha de S. Paulo, o dinheiro foi transferido a uma prefeitura local e, em seguida, por meio da triangulação com um fornecedor, destinado à conta de uma das lotéricas negociadas – o depósito foi de R$ 200 mil. Gustavo Occhi, filho do ministro, e Diogo Andrade dos Santos, filho da mulher dele, conseguiram concessões para explorar três casas no estado em 2011. Na ocasião, Occhi era superintendente nacional de Gestão da Caixa no Nordeste. Depois disso, ele viria a ocupar as funções de vice-presidente e presidente do banco, cargo que deixou em abril deste ano. (M1)

Comentários

Comentários

Artigos de Categorias:
Crime