Papa pede misericórdia para combater a terceira guerra mundial

6 anos Anterior written by

Misericórdia é um sentimento de solidariedade, é sentir compaixão por alguém que sofre uma tragédia ou desgraça. É esse sentimento que o Papa Francisco acredita que deve ser usado para combater a terceira guerra mundial. O líder católico falava para mais de sete mil funcionários e familiares das Ferrovias do Estado Italiano na última semana, quando citou que já estamos vivenciando a terceira guerra e falando sobre o remédio que o homem pode utilizar para acabar com este problema. “Que o Ano Santo nos ensine antes de tudo isto: que a misericórdia é o primeiro e o mais verdadeiro remédio para o homem, do qual todos necessitam urgentemente”, disse Francisco. O papa afirmou que misericórdia flui de Deus de forma superabundante e que nós devemos doá-la reciprocamente “para que cada um possa viver em plenitude a sua humanidade”. Durante o evento, que aconteceu na semana passada, o líder da Igreja Católica Apostólica Romana citou a abertura da Porta Santa da Caridade que fica em um albergue próximo da Estação de Roma, dizendo que cada pessoa que passar por aquela porta encontrará perdão e consolação. Logo em seguida ele lembra dos conflitos em diversos países do mundo e comenta sobre a terceira guerra mundial. “Deixemo-nos todos renovar pela passagem através desta porta espiritual, de modo que marque interiormente a nossa vida. Deixemo-nos envolver pelo Jubileu da Misericórdia, de modo a renovar o tecido de toda a sociedade, tornando-a mais justa e solidária, sobretudo nesta terceira guerra mundial que eclodiu aos pedaços e que a estamos vivendo.” Com informações Radio Vaticana

Comentários

Comentários

Artigos de Categorias:
Religião

Deixe o seu Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.