Poder Executivo omisso na fiscalização pode causar destruição do Projeto Original do Loteamento Cidade Jardim.

5 anos Anterior written by

Surgiu nesta manhã de sexta-feira 15/04, boatos que algumas pessoas que moram próximo às casas populares estão limpando uma área perto da BA 046 para construção de casas. Já virou rotina à comercialização de áreas sem documento na região das casas populares, na maioria dos casos a Prefeitura que deveria fazer a fiscalização está fazendo “vistas grossas”.

Circula comentários que um dos moradores da região, cunhado de uma ex candidata a vereadora, construiu uma horta em uma área e depois vendeu a uma moça que começou a construção de forma irregular, segundo as informações foi solicitado o pedido a Prefeitura para ligar a água na casa, que encaminhou para a Embasa que se recusou sem autorização escrita do Poder Executivo.

Um funcionário de nome Pitu também esta ocupando uma área que segundo o mesmo foi presente de Renato CM, funcionário também da Prefeitura, o mesmo já trocou parte da área por outra posse.

Caso continue a ocupação e comercialização irregular na área das cassas populares com a cumplicidade do Poder Executivo dentro em breve as casas populares poderá se transformar em uma nova Gerson de Oliveira.

Sandro Moura-Amargosa Urgente

Comentários

Comentários

Artigos de Categorias:
Amargosa · Bahia

Deixe o seu Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.