Política: Vereador Paulo Rocha (PT) faz uma reflexao sobre o possível golpe

5 anos Anterior written by

Conquistamos o Estado Democrático de Direito com os esforços de muitos, que se envolveram na luta contra o regime militar (1964-1985), direitos civis foram extirpados de nossa sociedade, existiu um Presidente que preferia o cheiro dos cavalos ao do povo e por força do destino foi o último general a comandar nossa nação. Através de uma manobra foi escolhido o novo Presidente do país, através do colégio eleitoral sem o voto popular, Tancredo morreu, entrou Sarney cria dos militares, mas que naquele momento histórico respeitou a democracia governou o país mesmo com diversas crises em nossa economia. Collor assumiu e comprovadamente se envolveu em esquemas de corrupção, teve seu mandato paralisado através do Impeachment, veio seu vice Itamar, que completou o período. Depois foi eleito FHC um doutor na escrita e um pusilânime nas decisões que beneficiavam a grande massa do povo de nosso país. Com LULA homem de pouca escrita e muito pulso, a classe trabalhadora, média e as pessoas que mais necessitavam tiveram ascensão social, mais que isso puderam ter a oportunidade de saírem da “Senzala e irem para Casa Grande” filho(a) de diarista, motorista, empregada doméstica, porteiro, fotógrafo… viraram doutores(as).

Mulheres e homens, que nunca tiveram uma Tv, luz elétrica, geladeira, carro, moto, hoje puderam ter e ainda andam de avião! Esse país viveu e vive a grande revolução social e democrática da sua história, milhões de brasileiros saíram de uma situação de miséria e fome, hoje tem o que comer e melhor são vistos como cidadãos e cidadãs de direito. Segundo a ONU (Organização das Nações Unidas), o Brasil é o país, entre os mais populosos, que teve a maior queda de subalimentados entre 2002 e 2014, 82,1%. No mesmo período, a América Latina reduziu em 43,1% esta quantidade, no mapa atual de 2015 continuamos reduzindo a pobreza, mas o trabalho ainda é árduo.Interiorizou-se e democratizou-se os ensinos técnicos e as universidades federais, quando imaginaríamos uma cidade como a nossa com menos de 40.000 habitantes com um campus universitário (UFRB) ? Dilma vem dando seqüência as políticas sociais e inclusivas a exemplo do PBF, BPC, vem tendo dificuldades por conta de uma grave crise do capital internacional.

Toda e qualquer denúncia ao governo e a LULA devem ser apurados, mas não podemos ter dois pesos e duas medidas, por que somente LULA e Dilma? Casos que á décadas estão sem resolução e milhares de bilhões e bilhões de reais foram surrupiados, como o Banestado, Econômico, Máfia das Ambulâncias, Sanguessugas, Pasta Rosa, Banco Opportunity, Metrô de Salvador (gestão de Imbassahy), Metrô de São Paulo (gestão de duas décadas do PSDB), Anões do Orçamento, ou seja diversos exemplos que não tiveram as apurações devidas e os respectivos corruptos e corruptores na cadeia. Por que o mensalão tucano que é de 1998, teve seu julgamento feito recentemente e o do PT que foi em 2005 foi julgado em tempo recorde? Julgamentos devem existir e quem tem culpa de desvios e falcatruas devem pagar pelos seus erros, doa a quem doer, mas por que só cortam na carne do Partido dos Trabalhadores? Hoje alguns falam, entretanto foi no governo do PT que foi dada autonomia ao TCU, CGU, PF, Ministério da Justiça para que apurassem sem olhar a quem e o que, ou seja todos esses mecanismos de apuração tem livre arbítrio nas suas ações.

Dois anos se passaram da Operação Lava-Jato e a mesma teve seu ponto positivo que foi a devolução de dinheiro desonesto aos cofres públicos, isso não é questionável e nem deve ser, mas por que a apuração somente aparece nos Governos LULA e Dilma? Se alguns delatores falam que desde a década de 90 isso era praxe na empresa. Empresários, políticos, que participaram comprovadamente desse esquema na PETROBRÁS devem pagar, mas não podemos sangrar as empresas a tal ponto de criar um efeito cascata nefasto para nossa economia, trata-se das maiores construtoras do país e do mundo, milhares de trabalhadores e trabalhadoras dependem das mesmas e nem todas as obras e serviços são oriundos de esquemas. Dois anos se passaram e não acharam nada contra Dilma, mas mesmo assim querem dar um golpe, golpe esse que vem sendo orquestrado por uma parte da mídia e justiça, partidos oposicionistas, ou seja, o interesse é além do Impeachment por que argumento jurídico não possuem. Judicializaram a política e politizaram o judiciário, isso é perigoso, magistrado que em 28 segundos decidi uma causa, que se manifesta em prol de causas partidárias, jamais julgará com os olhos da razão. Não podemos também achar que tudo está fadado ao egocentrismo “Morista”, que faz de tudo para prender LULA, usando de diversos meios questionáveis, a exemplo da massificação na TV das conversas de uma Presidenta da República, rasgando nossa constituição e quando rasga-se a carta magna, podemos voltar ao estágio de barbárie, ainda bem que existem os Teoris da vida, nem tudo está perdido e o bom senso prevaleceu. Não adianta tentarem incitar o ódio, pois estamos defendendo a democracia, mas não descansaremos um segundo e não deixaremos ninguém e nenhuma instituição ferir nossa democracia que foi conquistada com muita luta e suor.

O Pleito democrático de mudança de governo é nas eleições, se assim, a maior parte da população brasileira entender, mas querer ganhar no tapetão, desse jeito não. Na democracia respeitamos as idéias contrárias, manifestações devem ser feitas cobrando ações ou em defesa do governo, o que não podemos aceitar é a iminência de um golpe e com o golpe virão as incertezas do nosso futuro, nunca mais a Ditadura Militar, nunca mais essa página nefasta em nossa história.

Diga não ao golpe, sim a democracia!

Paulinho Rocha (Vereador e Membro do Diretório-PT)

Comentários

Comentários

Artigos de Categorias:
Amargosa · Bahia · Política

Deixe o seu Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.