Prefeitura do RJ anuncia novas medidas para combater Aedes aegypti nas Olimpíadas

6 anos Anterior written by

A Prefeitura do Rio anunciou, no último sábado (24), novas medidas para combater o mosquito Aedes aegypti durante os Jogos Olímpicos – período em que milhares de turistas de dentro e fora do país são esperados na cidade. De acordo com informações da BBC Brasil, na semana passada, autoridades de saúde americanas emitiram alerta para que mulheres grávidas evitem viajar para o Brasil e outros 13 países da América Latina que possuem a presença comprovada do vírus zika. O governo dos EUA considera um risco após a comprovação da relação dos casos de microcefalia com o vírus. O município carioca deve intensificar o trabalho de vistoria das instalações olímpicas a partir de abril. O objetivo é identificar focos do Aedes aegypti e garantir que as obras, em fase final, não contribuam para a proliferação do mosquito. Haverá, ainda, uma vistoria em todas as instalações olímpicas faltando 30 dias para os jogos, desta vez com o intuito de determinar a necessidade de borrifar inseticida com máquinas instaladas em caminhonetes. Em dezembro do ano passado, o governo federal estabeleceu que 100% dos imóveis seriam visitados até 31 de janeiro, mas dados divulgados esta semana, mostram que isso ocorreu em apenas 7,49 milhões dos domicílios – 15,21% dos 49,23 milhões que há no Brasil.

Comentários

Comentários

Artigos de Categorias:
Brasil · Saúde

Deixe o seu Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.